As 4 Fases do Compromisso – Fase 2: Relacionamento Sólido

Tudo que desejamos manifestar na vida exige da nossa parte uma energia de compromisso saudável.

No blog anterior falei-te da primeira fase do compromisso – a paixão – para acesso à Fase 1 clica aqui. É onde tudo começa, a paixão dá-nos o fogo para iniciar e se ainda não sabes bem o que merece o teu compromisso neste momento da tua vida, pode ser importante ler / reler a primeira fase.

Depois da paixão, precisamos ativar uma energia mais profunda de ligação e relacionamento sólido, se queremos materializar e viver de forma consistente a realidade experimentada na fase da paixão.

Muitas de nós temos imensos bloqueios nesta segunda fase do compromisso. Todos os nossos medos se tornam cada vez mais visíveis e se não temos atenção, podemos sabotar toda esta fase e nunca sair da primeira fase da paixão.

Recordo-me de quando era mais jovem, houve um período em que me apaixonava com frequência.

Um dia estava toda entusiasmada a contar à minha melhor amiga a minha última paixão, quando ela me disse:

“- Muito bem Andreia, vamos esperar 3 meses a ver que acontece.”

Ela ajudou-me a ver o padrão:

A fase inicial de paixão era fácil para mim, mas quando chegava o momento de me comprometer e levar a relação mais fundo, ou eu fugia e arranjava todas as razões porque aquele não era o homem ideal para mim, ou o próprio homem desaparecia – claro sinal de que estava perante um grande bloqueio de compromisso (de forma direta ou espelhado nos homens que não se comprometiam).

Foi um momento muito importante quando me dei conta desta realidade. Só mais tarde seria eu capaz de assumir um verdadeiro compromisso comigo e com a minha missão que possibilitaria a manifestação do amor da minha vida, bastantes anos mais tarde.

Quando temos feridas profundas na nossa história pessoal associada a relacionamentos (e a nossa vida é feita de relacionamentos, sejam pessoais, familiares, profissionais, amor, amizade) é natural termos medo do compromisso.

No blog anterior contei como me apaixonei pela ideia de este ano emagrecer e escrever o meu livro.

No entanto, mais do que aplicar-me e tomar as decisões diárias coerentes com essas conquistas, estava cada vez mais longe e a ocupar a agenda com tudo menos aquilo que me levava aos meus objetivos.

Há cerca de 1 mês atrás tive de ser mesmo sincera comigo e perguntar-me:

“- Andreia, tu queres mesmo isso?”
“- Sim, claro!”

“- Então vais ter de comprometer-te a sério, porque assim não funciona. Sozinha já viste onde és capaz de chegar.”

Nesse dia chorei.
Chorei porque o véu da paixão tinha-se rasgado e agora só era possível seguir em frente se assumisse o compromisso noutro nível de profundidade – o do relacionamento duradouro com os meus objetivos.

Não importa quais os teus desejos e objetivos, se queres mesmo que eles se manifestem, precisas atravessar a fase da paixão e assumires um relacionamento firme com eles.

Queres mesmo o teu negócio?
Queres mesmo perder esses kilinhos extra?
Queres mesmo manifestar o amor da tua vida?
Queres mesmo ganhar 5.000€ / 10.000€ / 30.000€ / mês?

Imagina que decidiste que um dos teus grandes objetivos para 2021 é criar ou expandir o teu negócio de alma.

Sentiste uma grande emoção, só de imaginar que podes ter toda a liberdade que desejas, trabalhar onde e quando te apetece – foste às nuvens! Essa energia foi suficiente para te atirares de cabeça e declarares ao mundo que espere por ti que o teu negócio vai descolar!

Na fase da paixão não vemos bloqueios nem obstáculos e é comum fantasiar de quão fabuloso e mágico será o caminho e, quando pensamos em alinhamento com a alma, pensamos que será tudo fluído e de que a Fada Madrinha, que apareceu para salvar a Cinderela, também aparecerá para nos salvar também.

Esta ilusão pode demorar anos e até vidas!

Esta ilusão mantém o sonho vivo mas ele nunca se realiza. E nessa energia, nunca se realizará.

Conheço alguns empreendedores potenciais que nunca saem desta fase e eu era uma delas – apaixonada por uma ideia, não me apetecia comprometer de verdade e fazer tudo aquilo que era necessário para ter sucesso – até ao momento que decidi que era MESMO o que queria e contratei mentoria.

Contratar ajuda é uma das formas mais poderosas para solidificar o compromisso na fase 2, o relacionamento verdadeiro.

E é tão fácil fugir dessa ajuda.

Eu mesma, depois de tantos anos a ser mentora de abundância e de negócios, só agora há cerca de 2 semanas é que decidi investir em mentoria de emagrecer com prazer e há 2 dias decidi investir num segundo mentor para me ajudar com a escrita do meu livro e me ensinar a auto-publicar (as vantagens são imensas!)

Meu Deus, confesso que foi mesmo desafiante comprometer-me no nível seguinte com o meu peso ideal e a escrita do meu livro, mas sabes aquele prazer imenso de quem se alinha com aquilo que é mais importante para si no momento?

É como me sinto: poderosa, invencível, a transbordar prazer, alegria e satisfação.

Este é o poder de passares da fase da paixão à fase do relacionamento sólido, dás espaço e lugar aquilo que desejas na tua vida e deixa de estar para segundo plano.

Assusta-te porque provavelmente tens memórias de fracasso ou memórias que trazem alguma dor nesse tópico, mas o teu compromisso é superior à dor e por isso decides ficar, permanecer contigo.

E esta é a base do relacionamento sólido.

Não é à primeira que desistes, nem à segunda nem à terceira. Muito pelo contrário, decidiste não desistir até conseguir!! Nem que seja necessário mudar toda a tua vida.

E às vezes será mesmo necessário mudar a tua vida. Às vezes, a morte é necessária.

Um novo relacionamento sólido traz sempre uma morte profunda. Seja um relacionamento amoroso, profissional ou financeiro – se queremos manifestar um resultado diferente, algo diferente precisamos de ser ou fazer.

E o nosso ego não gosta de morrer nem de ser transcendido. É preciso estar com muita atenção para não nos desviarmos do caminho e sabotarmos esta parte do processo rumo aos nossos objetivos.

Nesta FASE DO RELACIONAMENTO SÓLIDO, sugiro 3 dicas para te manteres no teu caminho sem ficares doida:

1- Escolhe o teu objetivo mais importante para este ano e visualiza-te no próximo ano já a viver essa realidade.

Por exemplo, manifestar 10,000€/mês, que farias diferente? Como seria a sensação? Que emoções viverias a cada dia?

2- Agora faz a seguinte reflexão: Que bloqueios e obstáculos estás a sentir ou prevês que aparecerão no teu caminho e que se não tiveres com atenção, poderão até desviar-te desse caminho?

Por exemplo, crenças limitantes como “isso nunca será possível para mim”, dúvidas e não certezas, confusão no caminho e até medo paralisante. Observa com atenção.

3- Pergunta-te que poderias fazer para elevar o teu nível de compromisso agora mesmo e garantires um relacionamento sólido com o teu objetivo? Mudanças de hábitos? Rotinas diferentes? Contratar mentor? Comprar curso e comprometer-te a 100%? Colocar na agenda e cumprir rigorosamente? Algo que garanta que levas o objetivo até ao fim.

Por exemplo, se desejas alcançar 10,000€/mês, poderia fazer sentido contratar mentoria para garantir que chegas ao mesmo resultado ou simplesmente comprometeres-te a ler 1 livro por mês sobre o tema.

O relacionamento sólido entre ti e o teu objetivo garante que não desistes facilmente e gera uma energia mais forte – energia que contribui para uma materialização mais rápida!

E só essa sensação de relacionamento firme emana uma vibração desde o interior de já está feito! Por exemplo, o que passei a sentir quando contratei mais ajuda para os meus dois grandes objetivos deste ano é maravilhoso!

Agora sim – acredito que é possível!!!

Sem acreditares – nunca se manifestará – este é um dos meus segredos – decidir primeiro o que quero e depois analisar:

“- Acredito mesmo?”
“- Ou os bloqueios ainda são tão grandes que ainda não me deixam ver e acreditar?”

Na fase do relacionamento sólido, ganhas confiança e sabes que é seguro. Por isso, não importa quão grandes sejam os desafios do caminho, tu sabes que vais persistir e não desistir.

Tal como num casamento, haverá luzes e sombras e é importante estar presente na alegria e na tristeza – e essa é a mesma energia da fase 2 do relacionamento sólido. É preciso comprometer-se ao ponto de manter a ligação ao objetivo mesmo nos momentos mais escuros da alma.

Só assim conseguimos manifestar bons casamentos com os nossos sonhos – relcionamento sólido, confiança e a segurança que não vamos desistir ao primeiro obstáculo.

E agora partilha comigo:

1- Que objetivo escolheste e decidiste comprometer-te a 100%? (Fase 1)

2- Que decides fazer para consolidar e tornar mais forte este compromisso? (Fase 2)

Na próxima semana, escrever-te-ei sobre a Fase 3 – Compromisso duradouro 🙂 e vou continuar a contar-te mais da minha técnica secreta para manifestar tudo que desejo.

Estas 4 fases de compromisso são importantes não só para uma relação amorosa mas para qualquer conquista que tenhas em mente! O compromisso é a chave 😉

Abraço imenso,

Andreia

4 comentários em “As 4 Fases do Compromisso – Fase 2: Relacionamento Sólido”

  1. Objetivo-ganhar 5000€ por mês
    Como-continuar firme no AT e focar na venda do meu produto. Fazer as formações da empresa e CLF. Usar os meios (cursos e livros) que já adquiri à meu favor. Marcar tempo para estudar e ler na agenda.

    Responder
    • UAAAUUU querida Alice 😍
      Que bom ler-te assim! Muito grata pela tua partilha 🙏🏼
      Força nisso. Leva até ao fim! A visão é clara, não percas essa garra 👑
      Ficamos muito felizes por te acompanhar neste processo.
      Um forte abraço e uma semana cheia de abundância 💖🍀
      Andreia Rodrigues – equipa Andreia Viana

      Responder
  2. Sim Andreia.
    è isso que prevejo para mim, foco nos 5000€/mês
    Tenho fé e sei que vou lá chegar.
    Assim como também acredito que vou conseguir vender a minha casa para ter uma mais pequena, que consiga ter liberdade e mais tempo para mim, e para aproveitar as coisas boas da Vida.
    Grata pelas palavras.

    Responder

Deixe um comentário

Importante: Este site faz uso de cookies para oferecer-te uma melhor experiência.

Queres receber conteúdos que te vão ajudar a fazer a tua Jornada pela Abundância?